TEMÁTICA

Este espaço tem a finalidade de apresentar tópicos e técnicas usadas na odontologia visando informações básicas e orientação na profilaxia e prevenção da saúde bucal dos pacientes do consultório, além de curiosidades e história da odontologia

20 de out de 2009

SENSIBILIDADE DENTÁRIA


A pessoa não nasce com sensibilidade dentária. Trata-se de um problema que afeta 25% da população adulta, ou seja, um em cada quatro adultos manifesta o problema. Muitas pessoas relatam uma dor de dente na região próxima à gengiva, local que chamamos colo do dente.

Na sensibilidade dental, ocorre a exposição da raiz dos dentes na área do colo, devido à retração gengival. Essa retração acontece por problemas periodontais, como inflamações na gengiva, por ingestão de alimentos ácidos, como frutas e bebidas gasosas ou por forte fricção da escova de cerdas duras sobre o tecido da gengiva, o que chamamos de escovação excessiva.

Má higiene oral, acúmulo de tártaro, uso abusivo de substâncias clareadoras, mordida errada ou o hábito de ranger os dentes (bruxismo) também podem desencadear a sensibilidade nos dentes. Outras causas que levam a sensibilidade são: cáries, desgastes na superfície dos dentes, próteses dentárias e aparelhos ortodônticos e dentes fraturados, mesmo não estando cariados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário