TEMÁTICA

Este espaço tem a finalidade de apresentar tópicos e técnicas usadas na odontologia visando informações básicas e orientação na profilaxia e prevenção da saúde bucal dos pacientes do consultório, além de curiosidades e história da odontologia

06/08/2009

MANCHAS NOS DENTES


O nosso cartão de visitas são os dentes, através do sorriso e obviamente, essa é uma das primeiras impressões que ficam.
Alem de serem responsáveis pela ingestão de alimentos e bebidas, os dentes ficam expostos a substâncias internas e externas com altos níveis de corante e podem sofrer alterações na sua cor, conseqüentemente, afetando a estética., e lá se vai o nosso cartão de visitas e a nossa auto-estima, pois é determinante que as pessoas estejam contentes com a sua imagem.
MANCHAS
Manchas brancas, amareladas e amarronzadas podem aparecer no esmalte dos dentes devido aos fatores externos como cigarro (pricipalmente), café, chá, vinho tinto, refrigerantes e internos como as reações do organismo pelo uso de antibióticos (tetraciclina), e na fluorose( brancas) na levada utilização de flúor. Não podemos esquecer que o próprio processo natural de envelhecimento escurecem os dentes (amarelados).
REMOÇÃO
*Manchas superficiais
Para as manchas superficiais causadas por alimentos, placa bacteriana, café ou cigarros, o tratamento indicado é o jato de bicarbonato de sódio seguido de um polimento..
*Manchas brancas (fluorose)
Para as manchas brancas (fluorose), o recomendado é o método que "lixa" os dentes, chamado de Micro Abrasão.
*Manchas profundas
Para as manchas enraizadas na camada interna dos dentes (na polpa), a técnica ideal é o clareamento dental. O gel à base de peróxido de hidrogênio é colocado no esmalte e, logo em seguida, o laser é aplicado sobre as moléculas do gel que ativa a liberação de oxigênio, promovendo o branqueamento dos dentes. ( próteses e restaurações com problemas de cor a solução é refazer)

Nenhum comentário:

Postar um comentário